O cuidado no projeto do arquiteto Octávio Raja Gabaglia fez com que fossem preservadas as árvores nativas.  Foi recuperado um pequeno mangue onde hoje vivem caranguejos, peixes e até camarões.

Além de preservar o meio ambiente, o Porto da Barra usa led’s em seu projeto de iluminação iniciado por Nills Ericson, e que lhe rendeu o Prêmio  ABILUX 2006  dado pela Associação Brasileira da Indústria da Iluminação na categoria consumo de energia.  Cada ponto de led consume 0,02 watts/h.  Isabela Reis deu continuidade ao trabalho fazendo com o jogo das luzes, a magia e sedução do lugar.

O Porto da Barra, um empreendimento da Costa Azul S/A, continua a segunda fase de seu projeto com espaço para locação em novas lojas voltadas para outros segmentos além da gastronomia.

Conheça o projeto de expansão do Porto da Barra clicando aqui.

 

Share →